(43) 3336-8556

Materiais Educativos

ARTIGOS E E-BOOKS PARA DAR MAIS EFICIÊNCIA AO SEU LABORATÓRIO
27 mar 2017

4Ps do Marketing: o que são como implementá-los no meu laboratório?

//
Comentários0

Temos de admitir: ter uma empresa bem sucedida não é uma tarefa fácil. Para ganhar visibilidade e garantir bons resultados financeiros, é preciso escolher o mix de produtos, estabelecer o preço, definir os pontos de venda e ainda criar estratégias promocionais eficientes. Em meio a tantos desafios, saber como extrair o melhor dos 4Ps do Marketing é essencial.

Se você nunca ouviu falar no assunto ou se já conhece os 4Ps do Marketing, mas ainda não está suficientemente seguro para aplicá-lo à realidade do seu laboratório, continue lendo este post e descubra o que essas quatro letrinhas podem fazer pela sua empresa!

Definindo os 4Ps do Marketing

Os 4Ps do Marketing, também chamados de mix de marketing ou composto de marketing, sintetizam as quatro variáveis controláveis pela empresa e relacionadas ao seu ambiente interno: o produto, o preço, a praça (local no qual a venda se realizada) e a promoção. Ou seja, trata-se, basicamente, dos aspectos que afetam diretamente a percepção do público-alvo em relação ao negócio e que podem ser alterados por você, gestor ou administrador.

Ao contrário do que mostram as análises mais superficiais em que os 4Ps são analisados isoladamente, a correta implementação das mudanças no microambiente deve abranger duas etapas anteriores: a análise do ambiente externo, também chamado de macroambiente, e a identificação de oportunidades e ameaças para o negócio.

Analisando o macroambiente

O macroambiente — ou ambiente externo — é o termo utilizado para designar o conjunto de variáveis que foge ao controle do gestor, mas impacta diretamente no funcionamento da empresa, devendo, por isso, ser constantemente monitorado.

Abrange, basicamente, seis cenários, que devem ser monitorados e analisados tendo sempre em vista a área de atuação do negócio e as mudanças que podem afetá-lo. São eles:

  • Político-legal
  • Econômico
  • Demográfico
  • Sociocultural
  • Tecnológico
  • Natural

Um bom exemplo que demonstra a importância da análise do macroambiente aplicado à realidade de um laboratório pode ser o aparecimento de uma nova doença: quando bem analisado, esse fator natural passa a ser visto como uma grande oportunidade de sair na frente da concorrência e oferecer um serviço com pioneirismo.

Em contrapartida, um novo equipamento disponível no mercado pode ser visto como uma boa oportunidade de otimizar os processos a partir da tecnologia ou como uma ameaça, já que o laboratório pode optar pela não aquisição da máquina e ficar muito atrás dos seus concorrentes.

Sejam quais forem os destaque identificados, lembre-se sempre: de nada adianta a análise isolada! Um bom gestor é aquele que usa o macroambiente para ir além e identificar oportunidades e ameaças para o negócio. Só então será possível usar os 4Ps do Marketing de forma focada e efetiva, potencializando os aspectos positivos do laboratório e minimizando cada uma das suas fraquezas.

Agora que você já entendeu por onde começar, está na hora de partir para a prática e falar sobre cada um dos Ps. Vamos lá?

Produto

O primeiro P abarca, basicamente, as características do seu produto ou serviço. A partir do desejo e dos hábitos de consumo dos seus clientes, é possível identificar aspectos capazes de distingui-lo da concorrência ou, ainda, cortar gastos com detalhes que, na prática, não fazem diferença para o consumidor final.

Ainda não ficou claro? Observe, então, o exemplo a seguir. Suponha que, após realizar uma pesquisa com os seus clientes, você identificou que a maioria das pessoas considera um inconveniente o fato de ter de levar ao laboratório as amostras de urina poucas horas após a coleta. Identificou, também, que muitas pessoas deixam de fazer o exame quando perdem o prazo para levar o material colhido.

Diante de uma situação dessa, por que não usar o P de produto ao seu favor? Uma boa possibilidade seria, mediante o pagamento de uma pequena taxa, oferecer um serviço de entrega via motoboy. A distribuição de coletores que preservassem a amostra coletada por mais tempo também é outra forma de resolver o problema e se diferenciar da concorrência ao resolver um problema do consumidor.

Preço

O preço, segundo dos 4Ps de Marketing, também é de fundamental importância para o sucesso do seu negócio. Na hora de defini-lo, é preciso levar em consideração aspectos como os custos envolvidos no seu serviço, o quanto o cliente está disposto a pagar e quão valioso o seu serviço é para o cliente.

Engana-se, contudo, quem pensa que a definição do preço é feita a partir de uma simples conta. Por envolver a percepção de valor do cliente, estabelecer os preços é uma tarefa complicada e que envolve muito conhecimento sobre o seu público-alvo.

Por isso, antes de optar por qualquer aumento ou redução no valor cobrado pelos seus produtos ou serviços, questione-se:

  • O meu cliente está disposto a pagar mais por um serviço superior?
  • O que mais pesa na decisão de compra do meu cliente é o preço?
  • A concorrência oferece valores mais competitivos com serviços basicamente iguais?

Aqui, mais uma vez, a realização de pesquisas e uma boa dose de observação em relação à decisão de compra se fazem imprescindíveis para que a decisão mais acertada possível seja tomada.

Praça

Em linhas gerais, a praça refere-se ao ponto de venda no qual o serviço ou produto será comercializado e à sua respectiva logística de distribuição, sendo impossível (e fatal!) defini-la sem levar em consideração o preço praticado.

Imagine, por exemplo, que o seu laboratório preste serviços de alta qualidade e seja marcado por diferenciais exclusivos. A menos que você tenha conseguido manter o custo abaixo da média e ainda esteja concorrendo com laboratórios populares, instalar o seu empreendimento em um bairro periférico e retirar o estacionamento dificilmente será uma boa ideia. Em contrapartida, um laboratório focado nas classes C, D e E pode encontrar o ponto de vendas dos sonhos em uma periferia, próximo a um ponto de ônibus. Pense nisso!

Promoção

Chegamos, enfim, ao último e mais famoso dos 4Ps do marketing: a promoção! Ao contrário do que muitos pensam, promover o negócio vai muito além de fazer propaganda na rádio, TV ou jornal. Hoje, o que não faltam são tendências de marketing para dar visibilidade e gerar bons resultados em venda para o seu negócio.

Por isso, abra-se para novas possibilidades e fuja do lugar comum. Por que não investir nas mídias sociais para chegar a mais clientes? Ou ainda, por que não usar mala direta ou e-mail direcionados para incentivar antigos clientes a retornarem ao laboratório? Se você é do tipo que gosta de ajudar, por que não apoiar uma causa, fazer co-marketing com algum negócio social e fazer o bem enquanto garante a visibilidade da sua empresa? O que não pode é ter medo de inovar!

Entendeu como aplicar os 4Ps do Marketing? Gostou das nossas dicas? Então baixe o nosso “Guia prático: saiba como montar um laboratório de análises clínicas”. Seja você administrador ou empreendedor de primeira viagem, o material com certeza vai ajudar a garantir mais visibilidade e sucesso para a sua empresa!

Deixe seu comentário