(43) 3336-8556

Materiais Educativos

ARTIGOS E E-BOOKS PARA DAR MAIS EFICIÊNCIA AO SEU LABORATÓRIO
30 jul 2018

Afinal, como criar um plano de marketing para meu laboratório?

//
Comentários0

O plano de marketing é urgente para empresas que querem perpetuar seu nome no mercado e crescer. Desse modo, a forma como o laboratório se apresenta e é vista tem papel fundamental para agregar valor a marca e também para fidelizar os clientes atuais.

Pensando nisso, preparamos este post abordando alguns aspectos importantes desse passo para a consolidação da marca do laboratório e manutenção de seu bom posicionamento. Quer saber quais são eles? Continue conosco nesta leitura e adote as melhores práticas!

Levante as informações base

O plano de marketing consiste em traçar um planejamento estratégico. Com isso, entende-se que a gestão precisa reunir as informações que nortearão todo o processo. O levantamento de dados é a parte mais importante, já que ele dará o direcionamento às ações de marketing. Para isso, é preciso:

  • definir os grandes objetivos do marketing para cada etapa;
  • levantar os recursos necessários e os disponíveis;
  • preocupar-se com a identidade da marca;
  • fazer o levantamento do público-alvo;
  • pesquisar a situação do mercado de atuação;
  • estabelecer os concorrentes diretos e indiretos;
  • criar personas a serem atingidas;
  • estabelecer estratégias de comunicação elegendo os meios mais adequados.

Uma vez que o planejamento estratégico é consistente, as atividades táticas e operacionais tem base para alcançar os resultados propostos. Por isso, é muito importante que, antes de iniciar os trabalhos, a gestão se preocupe em obter com clareza essas informações.

Conheça as normas de marketing da área

A área da saúde tem limitações legais para fazer a divulgação dos serviços. Portanto, é imprescindível tomar conhecimento das normas definidas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), seguindo as resoluções do Manual de Publicidade Médica.

O uso de fotografias de pacientes é proibida, independentemente de autorização, seja para folders de demonstração de resultados, anúncios online, televisivos ou impressos. A única exceção para essa regra é no caso de o paciente autorizar o uso em apresentações de trabalhos científicos.

Já os equipamentos médicos podem ser anunciados desde que não abram a interpretação de que eles são garantia de sucesso no tratamento. Acerca de especializações, podem ser divulgadas, no máximo, duas, listando as associações das quais faz parte.

Por outro lado, as titulações acadêmicas não são restritas quanto ao uso em peças publicitárias de cunho promocional e itens de papelaria. Contudo, os títulos precisam estar registrados no CRM. Além disso, as áreas de atuação que não são reconhecidas pelos órgãos reguladores não podem ser divulgadas.

Vale lembrar que, no material, devem estar presentes as seguintes informações:

  • nome do médico;
  • área de atuação ou especialidade;
  • CRM local;
  • Registro de Qualificação de Especialista (RQE);
  • nome e CRM da responsabilidade técnica, caso seja pessoa jurídica.

São vetadas, ainda, expressões sensacionalistas que façam relação de superioridade do serviço prestado, como “o mais eficiente”, “resultado garantido” ou “o único capaz de”, por exemplo.

Há ainda restrições e normas acerca da concessão de entrevistas, precificação e prêmios, além da proibição de que médicos participem de anúncios comerciais. É fundamental que a equipe que cuida do plano de marketing do laboratório fique atenta à regulamentação.

Invista nas redes sociais

As redes sociais são ferramentas eficientes para divulgar conteúdo de qualidade, gerar autoridade para a marca e, consequentemente, conquistar novos clientes.

Fugindo sempre de propagandas sensacionalistas, o laboratório pode usar a rede social como forma de agendar procedimentos e também informar os clientes com conteúdos relevantes.

Além de usar o canal de comunicação e divulgação mais adequado para alcançar os seus objetivos, é importante também fazer o uso de um blog, onde as informações fiquem agrupadas.

Dessa forma, o paciente pode sanar suas dúvidas com quem presta serviço para ele. Isso faz com que a boa fama do laboratório se espalhe, posicionando-o de uma forma positiva no mercado. Lembre-se de que, como especialista, a equipe deve prestar informações para fins de esclarecimento da população sobre os assuntos médicos.

Analise os resultados e ajuste a estratégia

Os indicadores de desempenho são úteis em diversas áreas da administração. Quando falamos no plano de marketing, medir os resultados é essencial para ajustar a estratégias e propor ações de melhoria e otimização de resultados.

Sendo assim, verifique sempre qual devolutiva as ações de marketing têm, se estão alcançando os propósitos e, dependendo dos resultados, procure métodos para corrigir o que está errado e melhorar o que tem sido feito, inovando na forma de fazer.

Use a tecnologia a favor do marketing do laboratório

A forma como o trabalho tático se apresenta está diretamente ligado ao plano de marketing. Diante disso, é essencial que a gestão do laboratório faça uso das melhores práticas do mercado, a fim de alcançar as metas definidas no planejamento.

Além do marketing de conteúdo, que é requerido no ambiente de promoção de serviços independentemente do ramo de atuação, outras ferramentas podem ser implantadas por meio da tecnologia. O email marketing, por exemplo, entrega altos índices de taxa de conversão.

O uso de um software de gestão integrada também é um diferencial competitivo. Ele automatiza diversas tarefas, dando mais abertura para que a equipe se dedique ao negócio em vez de preocupar-se com tarefas pontuais. Isso gera aumento da produtividade, uma vez que erros e ruídos na comunicação são eliminados por meio da centralização.

Um exemplo de facilidade que o sistema traz para o laboratório é o envio automatizado de sms com lembretes de agendamentos, entre outros. A visão dinâmica das agendas e o cálculo do tempo médio de atendimento, por exemplo, evitam atrasos. Ambos melhoram a experiência do cliente e a organização da gestão.

O Unilab é um sistema completo para gestão de laboratórios que colabora com todos os processos desempenhados, desde a alta administração até a linha de frente do atendimento, e pode ser a ferramenta que falta para que a sua direção funcione.

Vale a pena considerar quais são as melhores escolhas para o negócio, já que a forma como a empresa se organiza internamente reflete diretamente na imagem que ela passa para seus clientes e concorrentes, sendo impactante, inclusive, para o plano de marketing.

O mercado muda constantemente, por isso, é necessário se manter atualizado dentro dos assuntos que estão em alta na área.

Gostou do post? Siga as nossas páginas nas redes sociais e acompanhe nossas atualizações: estamos no Facebook e no LinkedIn!

Deixe seu comentário

Vendas