(43) 3336-8556

Materiais Educativos

ARTIGOS E E-BOOKS PARA DAR MAIS EFICIÊNCIA AO SEU LABORATÓRIO
20 jul 2018

Quais os 5 passos necessários para abrir um posto de coleta?

//
Comentários0

A abertura de um posto de coleta pode ser a resposta para o desejo de ampliação da atuação do laboratório de análises clínicas. Contudo — assim como a abertura de qualquer negócio —, há diversos cuidados que devem ser tomados, uma vez que essa decisão se estabelece.

Pensando nisso, trouxemos 5 passos para que a sua gestão não erre ao abrir o posto de coleta. Animado para saber quais são? Acompanhe este post!

1. Pesquise o mercado

Antes de investir em um empreendimento, analisar o mercado é imprescindível. Sendo assim, não tenha pressa em se certificar de que a demanda para a abertura do posto de coleta é real e consistente. Busque pela lacuna a ser preenchida pelo seu posto.

Além de garantir a demanda para manutenção do negócio, considerar as caraterísticas do local pretendido e do público-alvo a ser atendido também é importante. Aplique-se em levantar dados estratégicos sobre o mercado, pesquisando a concorrência.

2. Identifique as exigências legais

Um fator fundamental para considerar ao pensar em iniciar os trabalhos, principalmente na área da saúde, é a viabilidade legal. É preciso estar atento às normas vigentes, a fim de garantir a qualidade e segurança dos serviços desempenhados, além de livrar-se de prejuízos e mau posicionamento da marca.

Indo à frente dos registros e obrigatoriedades óbvias (como CNPJ, contrato social etc.), as principais permissões regulamentadoras necessárias para abertura de um posto de coleta estão:

  • permissão para praticar a atividade no endereço eleito;
  • adequação do edifício à RDC nº 50/2002;
  • alvará municipal;
  • alvará sanitário;
  • licenciamento do órgão de meio ambiente do município (mediante aprovação do Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviço de Saúde – PGRSS).

O posto de coleta pode também ser registrado no Conselho Regional de Biomedicina (órgão da classe) e dos Programas de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) e de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO).

3. Adquira os materiais técnicos

Para abrir um posto de coleta, há alguns equipamentos que são fundamentais. Eles costumam ser comuns entre diversas seções, se aplicando às áreas de imunologia, bioquímica, hematologia, microbiologia, além de referentes à sala de coleta e entrega de resultados.

A gestão precisa calcular os recursos necessários e como aplicá-los de forma eficiente na aquisição desses materiais. Entre eles, podemos citar:

  • microscópio;
  • geladeira e estufa;
  • termômetros;
  • banho-maria;
  • balança;
  • seringas, agulhas, garrote;
  • tubos, anticoagulantes etc.

Vale lembrar que outros itens como tesouras, algodão, gaze, álcool etc, também são elementos necessários para a atuação do posto de coleta, e devem ser cotados e levados em consideração no controle das finanças e estoque.

4. Invista em otimizações

O que pode significar melhorias no processo de coleta? Pense em estratégias para investir em otimizações sempre que possível. O uso da tecnologia é sempre uma opção inteligente para automatizar tarefas e garantir a inexistência de erros em registros e atualizações de informação.

Lançamentos errôneos podem trazer prejuízos, além de prejudicar a produtividade. Outra forma de aprimorar as atividades do posto de coleta é elaborar técnicas de organização que sejam salvas em sistema, de forma que todos os colaboradores envolvidos no processo obtenham as mesmas informações, que se mantém centralizadas.

5. Planeje a divulgação

Uma vez que o planejamento estratégico de abertura é consistente, é importante pensar em formas de mostrar isso, tanto para o público consumidor dos serviços quanto para fins de posicionamento no mercado. Nesse ponto, partimos para o marketing.

Os dados levantados para fazer a análise da viabilidade no primeiro passo podem ser usadas para nortear as ações de publicidade. O trabalho tático, quando executado com boas bases, cumpre a função de demonstrar o quanto o trabalho do posto de coleta é confiável.

É verdade que a abertura de um posto de coleta traz consigo desafios. A verdade é que esses obstáculos podem ser superados e convertidos em potencial de crescimento para a atuação do laboratório. Por isso, use os passos que listamos para nortear o seu planejamento e as ações desempenhadas.

Você vai aplicar os conhecimentos apresentados nesse post em prol do desenvolvimento do seu negócio? Então compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais e espalhe informação relevante para seus clientes e parceiros!

Deixe seu comentário

Vendas