(43) 3336-8556

A importância da segurança de informação para laboratórios

22 jan 2016

A importância da segurança de informação para laboratórios

Quando o assunto é relacionado à patologia, você sabe tudo e é capaz de dar uma aula sobre análises e diagnósticos. No entanto, nem só disso vive um laboratório, pois é necessário gerir os processos internos e administrativos, com ferramentas que permitam a gestão eficaz para o seu negócio.

Nesse ponto, há várias vertentes que devem ser estudadas com calma, para que o seu laboratório possa se dedicar àquilo que faz de melhor: atender o paciente e fornecer seus resultados em tempo hábil, com confiabilidade e segurança.

Neste post, explicaremos melhor o que é a segurança de informação e por que ela é importante para o seu laboratório. Confira!

O que é segurança de informação?

Segurança de informação é um conjunto de medidas e ações que objetivam proteger e preservar informações e dados, dando aos processos de trabalho integridade e confidencialidade.

Nesse sentido, talvez, a saúde seja a área mais propícia para se falar em segurança de informação. Isso acontece devido às consequências desastrosas de possíveis perdas ou quebra de sigilo de dados.

Por que devo adotar a segurança de informação no meu laboratório?

As causas de problemas de segurança podem ser as mais diversas, como erros operacionais, levando à entrega de resultado para o paciente errado; falta de controle de acesso, em que qualquer funcionário tem acesso aos laudos; falta de controle de ação, em que não é possível identificar a ação de cada agente do processo de trabalho, favorecendo possíveis alterações; ou até falha na segurança, facilitando a ação de hackers, por exemplo.

Assim, para encontrar razões para adotar segurança de informação, basta pensar nas consequências disso tudo. Processos na justiça, pagamento de indenização, marketing negativo, perda de clientela, diagnósticos falso positivo ou negativo são alguns exemplos do que pode acontecer com o laboratório que não adotou métodos de segurança de informação.

Pensando nesses eventos, principalmente em exames críticos como teste de gravidez, AIDS ou câncer, podemos afirmar que a informação é um bem cujo alto valor pode ser mensurado. Dessa forma, segurança de informação passa a ser uma escolha economicamente eficiente.

Como o sistema de gestão colabora para a segurança de informação?

Desde o cadastro do paciente até a entrega dos resultados, o sistema de gestão contribui para a segurança da informação. Na recepção, vários mecanismos de identificação, como foto e biometria, podem ser utilizados, diminuindo as chances de erros como a entrega equivocada de resultados e, na hora dos exames, o sistema emite etiquetas que são coladas nas amostras, contribuindo, mais uma vez, para a identificação.

O sistema também permite monitorar todo o trabalho do laboratório, organizando o fluxo de funcionamento, identificando possíveis gargalos, definindo prioridades e acompanhando a produtividade da equipe.

Essas ferramentas permitem melhorar a distribuição de pessoal e a tomada de decisão sobre a gestão do laboratório, controlando acesso e edição de laudos, que têm como resultado uma equipe cada vez mais preparada.

Além disso, a automatização dos processos no sistema diminuem drasticamente as possibilidades de erro, pois é possível interfacear os resultados dos equipamentos e laboratórios de apoio, reduzindo quase a zero a necessidade de intervenção humana.

Por essas e tantas outras razões, é muito importante que o seu laboratório adote um sistema de segurança de informação. Isso minimiza ao máximo erros que podem prejudicar tudo o que foi construído com tanto trabalho e seriedade.

Curta nossa página no Facebook e fique sempre atualizado sobre esse e outros temas!

Deixe seu comentário