(43) 3336-8556

Materiais Educativos

ARTIGOS E E-BOOKS PARA DAR MAIS EFICIÊNCIA AO SEU LABORATÓRIO
como atrair pacientes
19 nov 2018

5 dicas de como atrair pacientes da terceira idade

//
Comentários0

Segundo o IBGE, a população idosa é a que mais cresce no Brasil. A projeção é que em 2060 o nosso país conte com 58,2 milhões de pessoas com mais de 65 anos (atualmente são 19,2 milhões) — uma quantidade suficiente para fazer uma grande diferença no seu laboratório. Mas afinal, como atrair pacientes dessa faixa etária?

É necessário preparar a sua equipe e considerar flexibilidades na estrutura do laboratório, tudo para prezar e garantir o bem-estar e conforto, especialmente para a melhor idade. Quer saber como? Trouxemos 5 dicas para você, confira!

1. Estude as necessidades do público

Começamos o post com uma regra que deve ser seguida à risca: na publicidade, não associe nada pejorativo à idade avançada do seu cliente. A partir dessa especificação, o próximo passo é tratar a campanha para atração do paciente idoso com atenção.

Há pontos de observação que podem ajudar:

  • quais são as suas preferências?
  • qual é o horário de maior concentração de pacientes idosos?
  • quais são os exames mais contratados?
  • quais são as melhorias sugeridas?

Conhecer mais sobre os hábitos e preferências dos clientes fará com que a relação entre paciente e laboratório se estreite. Dessa forma, a divulgação dos serviços tem mais chances de dar bons resultados, pois você sabe o que público-alvo busca e precisa.

2. Saiba como se comunicar assertivamente

Outra questão que deve ser bem desenvolvida é o esclarecimento da campanha. Os idosos, por terem mais experiência, tendem a exigir informações completas sobre todos os serviços contratados. Caso fique alguma dúvida, a chance de eles procurarem por outro estabelecimento aumenta. Foco na persona!

Pensando nesses fatores, é possível criar uma forma de comunicação eficiente e perceber qual é o melhor canal para fazer o marketing, atingindo o público e fidelizando-o. Busque a clareza na comunicação das propagandas, sempre sendo didático e não ocultando informações importantes.

3. Mantenha o laboratório adaptado

Inspirar segurança e acolhimento faz toda a diferença para o processo de fidelização dos idosos. Com o passar dos anos, o corpo passa a ser mais frágil e, assim, a mobilidade vai se tornando mais difícil. Imagine o desconforto de não poder ir a algum ambiente do laboratório?

Pisos escorregadios, degraus muito altos e rampas sem corrimãos, por exemplo, são problemas que ocasionam acidentes, além de afastarem o público mais velho. Vale a pena investir na acessibilidade no seu laboratório.

Além disso, considere as vagas especiais no estacionamento: onde elas estão localizadas? Qual é o número de vagas prioritárias? Lembre-se que o ambiente que você disponibiliza para os pacientes deve estar de acordo com a quantidade de clientes que o seu planejamento prevê. É essencial ter suporte para a demanda.

4. Treine os colaboradores

A atenção e a paciência são elementos primordiais para garantir um bom atendimento ao público mais velho. A equipe deve estar bem treinada e saber ouvir e falar de acordo com a necessidade de cada paciente.

A comunicação correta, tratando os idosos de maneira respeitosa e profissional, fará com que esses pacientes se mantenham mais próximos da equipe e, portanto, do laboratório. Além disso, padronizar o atendimento dessa forma garante que todas as informações sejam dadas de forma clara.

5. Prepare o laboratório para o novo perfil de saúde dos idosos

Apesar de ser um pensamento recorrente, vale lembrar de que quando falamos em atendimento humanizado, não se deve cair no clichê de achar que todos têm dificuldades de locomoção ou são mais frágeis e lentos. A saúde, atualmente, está muito ligada à vida ativa, e as pessoas da melhor idade estão inclusas nesse processo.

Há um novo perfil de pessoa mais velha surgindo: repare que cada vez mais vemos notícias sobre pessoas com mais de 50 anos que praticam esportes, investem em alimentação de qualidade e na reciclagem da mente com novas atividades. Portanto, não generalize: considere também essa demanda na hora de pensar em como atrair pacientes mais velhos.

Você conhece o mercado em que o seu laboratório de análises clínicas atua? Então é hora de preparar campanhas para ser visto como referência, inclusive nos olhares mais experientes. Para isso, conte com a nossa ajuda! Assine a nossa newsletter e fique por dentro das tendências!

Deixe seu comentário

Vendas