(43) 3336-8556

Saiba como identificar um funcionário desmotivado em seu laboratório

23 jan 2017

Saiba como identificar um funcionário desmotivado em seu laboratório

//
Comentários0

Gerenciar uma equipe de sucesso é um desafio diário e constante. O fato de você ter um time de colaboradores motivados não elimina as necessidade de você se preocupar com isso no presente ou no futuro.

Alguns detalhes podem indicar quando um funcionário desmotivado está enfraquecendo a sintonia da equipe. Confira, neste artigo, alguns sinais notórios de quem está insatisfeito com o trabalho para que você possa detectar e solucionar esse problema com rapidez e eficiência.

Falta de envolvimento

Quando as pessoas estão engajadas com alguma coisa, elas se interessam. É o que acontece com os novatos, por exemplo. Há quanto tempo você não sente esse clima no seu laboratório? Se demorar para responder a essa questão, está na hora de tomar algumas providências.

Faça uma reunião com esse funcionário e proponha novas atribuições a ele, demonstrando que os esforços realizados durante seu período na empresa são reconhecidos e valorizados.

Iniciativa zero

Esse é um problema que está diretamente ligado ao anterior. Quando o funcionário não está comprometido com a empresa, dificilmente ele sairá da sua zona de conforto para se adaptar às mudanças propostas ou sugerir novas ideias.

Sendo assim, é importante estar atento às férias dos seus funcionários e garantir que todos possam descansar devidamente. Da mesma maneira, não permita que um colaborador fique sobrecarregado de funções.

Silêncio extremo

Quando não há uma comunicação efetiva no ambiente de trabalho, o sinal é evidente: um grande silêncio durante as reuniões de equipe ou até mesmo no dia a dia da empresa.

Procure fazer reuniões de feedback com regularidade, tanto as que envolvem toda a equipe quanto as individuais, para que seus colaboradores vejam que você está a par de tudo e que resolverá qualquer problema com profissionalismo.

Faltas frequentes

Um funcionário desmotivado nunca perderá a chance de chegar atrasado ou faltar em excesso. A taxa de absenteísmo crescente entre alguns membros da equipe pode ser sinal de desânimo e de indiferença em relação à empresa.

Aqui, vale um lembrete: nem todo atestado médico é indício de fraude. Durante as reuniões de feedback, demonstre interesse no bem-estar do funcionário fora do laboratório. Com essa comunicação aberta, você conseguirá distinguir um colaborador honesto de um que age de má-fé.

Baixa produtividade

Os números podem falar mais do que apenas os lucros e os dividendos da empresa. Caso seu laboratório não apresente mais a qualidade de antes, preste a atenção no engajamento daqueles que executam os processos entre a produção e a venda.

Mais uma vez, a reunião de feedback é o método mais indicado. Converse com seu time para saber se há algo que está afetando a dinâmica de trabalho. Uma vez identificado o obstáculo, resolva-o da maneira mais eficaz e justa possível.

A comunicação transparente e objetiva é a melhor maneira de resgatar um funcionário desmotivado das suas dúvidas e dos seus receios. Muitas vezes, esse colaborador só está esperando que alguém o ajude, e cabe a você, como gestor, ter a sensibilidade para identificar o que aflige o funcionário e auxiliá-lo a trabalhar melhor.

Gostou das nossas dicas? Então confira este artigo sobre como motivar os colaboradores do seu laboratório!

Deixe seu comentário