(43) 3336-8556

Materiais Educativos

ARTIGOS E E-BOOKS PARA DAR MAIS EFICIÊNCIA AO SEU LABORATÓRIO
1 dez 2017

Como montar um espaço kids em laboratórios de análises clínicas?

//
Comentários0

Não importa a idade, um dos maiores medos das crianças é o de ir ao médico ou a algum estabelecimento de saúde. E esse medo piora muito mais se essa visita envolver agulhas ou picadas.

Os próprios pais muitas vezes não sabem lidar com as reclamações e o sofrimento dos filhos para a realização de procedimentos simples, como coleta de exames e vacinas. Como o laboratório pode ajudar a melhorar essa experiências para as crianças? Uma boa estratégia é a criação de um espaço kids em laboratórios de análises clínicas.

Neste post explicaremos como montar um espaço kids no seu laboratório de análises clínicas.

Por que montar um espaço kids em laboratórios de análises clínicas?

O laboratório deve buscar prestar um atendimento eficaz e de qualidade para todos os diferentes públicos que o procuram, em todas as fases do atendimento (recepção, coleta, entrega de resultados).

Prestar um atendimento diferenciado para as crianças garante que elas tenham uma experiência menos traumática no laboratório, apesar dos procedimentos dolorosos, e aumenta a chance de que os pais voltem para a realização de futuros exames.

É interessantes pontuar também que o sangue coletado com menor nível de estresse possui melhor qualidade para as posteriores análises.

Como montar um espaço kids?

Deve ser reservado um espaço próprio para a criação de um espaço kids no laboratório, levando em consideração suas características próprias. Em primeiro lugar, é importante lembrar que os interesses mudam de acordo com a idade da criança, portanto é preciso colocar recursos para todas as faixas etárias.

Elencamos alguns pontos que devem ser levados em consideração na montagem do espaço kids:

  • é interessante montar um ambiente único de recepção e coleta para as crianças, para que não haja uma “quebra” antes da coleta, o que poderia aumentar a ansiedade da criança;
  • o ambiente deve ser amplo, confortável e com decoração de acordo com o público infantil (papel de parede colorido, imagens de personagens);
  • os móveis devem ser adaptados para as diferentes idades, com cadeiras menores especiais para a coleta de exames;
  • deve-se incluir itens de distração para a criança antes, durante e após a coleta (televisão, brinquedos e jogos para as diferentes idades);
  • o material utilizado para a punção venosa deve ser o de melhor qualidade para garantir menor dor e evitar a necessidade de mais furadas.

Como lidar com o público infantil?

Um dos pontos mais importantes para proporcionar um atendimento de qualidade e com menos estresse para as crianças é o de manter uma equipe treinada para a assistência infantil. Esses profissionais fazem que a criança se sinta mais à vontade e garantem que o procedimento seja mais rápido e indolor.

Algumas dicas para lidar com as crianças antes de procedimentos de coleta:

  • perguntar a idade da criança e falar com ela de acordo com seu entendimento e vocabulário;
  • preparar a criança para o procedimento, explicando como será o procedimento e o porquê da sua necessidade;
  • esperar o tempo da criança para aceitar que o procedimento será realizado antes de iniciar ou tocar nela;
  • oferecer brinquedos e proporcionar alguma brincadeira rápida, antes do momento da coleta;
  • deixar a criança ver o material e simular o procedimento antes da sua realização, para que ela se sinta mais segura;
  • oferecer uma recompensa após a coleta.

Montar um espaço kids em laboratórios de análises clínicas mostra que esse estabelecimento vê a criança em sua individualidade e a trata de acordo com suas vontades e medos. Essa postura aumenta a qualidade de atendimento e a fidelização de clientes no laboratório.

Você gostou deste texto? Quer saber mais como fidelizar seus clientes? Então aproveite e confira 4 dicas imperdíveis!

Deixe seu comentário