(43) 3336-8556

Materiais Educativos

ARTIGOS E E-BOOKS PARA DAR MAIS EFICIÊNCIA AO SEU LABORATÓRIO
6 nov 2017

Senhas, agendamento ou urgência: como gerenciar as filas em um laboratório?

//
Comentários0

Saber gerenciar filas em um laboratório é um diferencial competitivo para as organizações que trabalham com atendimento ao público, pois os pacientes costumam associar o tempo de espera à qualidade do serviço.

Se essa espera for muito demorada ou desorganizada, o paciente pode se sentir frustrado, levar o fato para o lado pessoal e procurar o serviço do concorrente. Acontecimentos como esses causam um impacto negativo na reputação da empresa.

Diante desse fato, o que um gestor deve fazer para evitar longos períodos de espera e pacientes que se queixam porque outros foram atendidos antes? Buscar soluções inteligentes!

Como organizar filas em um laboratório

O sistema de gerenciamento de filas com uso de senhas é uma excelente alternativa para organizar o fluxo de pessoas no laboratório. Além de evitar o descontrole na hora de chamar o paciente por ordem de chegada, a senha assegura que ninguém fique aborrecido, acreditando que o outro tomou a sua vez.

Nesse método, o usuário visualiza o número de atendimento em um painel de TV ou monitor de computador. Além desse recurso visual, a senha também é transmitida via áudio. Assim, é possível chamar a atenção de quem está na fila de espera e ainda oferecer acessibilidade a pacientes com deficiência visual.

Proporcionar conforto e segurança para o seu público deve ser uma ação constante. O ideal é monitorar a qualidade do atendimento com frequência para garantir a satisfação do seu público. Para isso, existe um aplicativo que apresenta informações em tempo real e pode ser gerenciado em qualquer dispositivo — celular, tablet ou computador.

A importância de identificar pacientes com prioridade de atendimento

Toda organização na área de saúde recebe aqueles pacientes que se sentem mais fragilizados. Geralmente são idosos com dificuldade de locomoção, pessoas que passaram por uma cirurgia recente, mulheres grávidas, entre outros.

Para oferecer um atendimento prioritário para esse público, muitas instituições fazem uma triagem para identificar casos delicados. Isso é feito no momento em que o paciente entra na recepção para solicitar um exame. Nesse caso, ele recebe uma senha especial.

Essa iniciativa é considerada um diferencial no atendimento, pois geralmente quem está passando por um problema não costuma exigir privilégios. No entanto, a espera causa desconforto e mal-estar.

Outra ideia que pode ser adotada para beneficiar pessoas com dificuldade de locomoção ou outros problemas é a implantação de um modelo de atendimento premium. Por meio dele, o paciente pode solicitar que a coleta seja feita na sua própria residência.

Dessa forma, é possível satisfazer as necessidades do seu público e, ao mesmo tempo, diminuir a demanda na recepção do laboratório.

Gerenciar filas em um laboratório de maneira organizada permite que a empresa tenha um fluxo de atendimento muito mais dinâmico, rápido e eficiente. A possibilidade de acompanhar o tempo médio do paciente dentro do laboratório e analisar o nível de satisfação dessas pessoas faz com que o seu negócio alcance os melhores resultados.

Quer conhecer outras soluções inovadoras para o seu negócio? Leia também o artigo “Como gerenciar o fluxo de pacientes no laboratório de forma eficiente“.

Deixe seu comentário