(43) 3336-8556

Materiais Educativos

ARTIGOS E E-BOOKS PARA DAR MAIS EFICIÊNCIA AO SEU LABORATÓRIO
9 mar 2018

Como a tecnologia pode evitar erros de triagem em laboratórios?

//
Comentários0

Não é novidade que a Tecnologia da Informação tem sido de grande valia para praticamente todos os setores do mercado. Muitos deles têm utilizado sistemas, aplicações ou metodologias para otimizar seus processos internos, como é o caso do segmento da saúde: diversos gestores vêm implementando softwares LIS para erradicar erros de triagem em laboratórios.

A rotina de um laboratório é composta desde pequenas atividades administrativas até processos bem mais minuciosos, os quais, se executados totalmente de forma manual, ficam bastante suscetíveis a falhas, podendo acarretar consequências maiores do que um simples erro de registro, evidenciando a importância de aliar boa gestão e tecnologia.

Confira, neste artigo, por que aliar a tecnologia à rotina do seu laboratório é essencial para otimizar processos e assegurar a fluidez da operação.

A importância da qualidade e da exatidão nas análises

A fase analítica é provavelmente a etapa mais importante do processo analítico laboratorial, afinal, é nela que todo o material coletado — seja material biológico, como amostras, ou informacional, como dados clínicos dos clientes — é colocado em pauta e utilizado para dar início às análises e aos exames laboratoriais.

Existem diversas normas e regulamentações referentes aos processos de análise laboratorial que visam assegurar a qualidade desses processos, e infelizmente não é incomum ocorrerem processos judiciais por parte de pacientes que tiveram resultados inexatos, os quais lhe causaram consequências consideráveis.

Uma falha organizacional — como falta de comunicação clara, registro de informações incorretas acerca dos pacientes e falta de conhecimento na hora da análise dos exames por parte dos profissionais — pode causar graves danos a ambos os lados, ou seja, multa e má fama para o laboratório, além de atrasos em tratamentos de pacientes decorrentes de diagnósticos incorretos.

Erros comuns durante o processo de triagem

Existem diversos erros bastante corriqueiros durante a etapa pré-analítica em laboratórios, sendo que boa parte deles é causada por falhas manuais decorrentes da falta de automatização e da ausência de recursos tecnológicos para otimizar processos. São algumas das falhas:

Registros incorretos

Esses são erros bastante comuns, principalmente quando há a ausência de um LIS (sistemas de informações laboratoriais) para informatizar os dados.

As informações são registradas de forma manual, em fontes não digitais. Isso torna o processo bastante suscetível a registros incorretos, causando desde problemas menores até análises equivocadas e, por conseguinte, resultados e laudos inexatos.

Falhas de comunicação

Esse problema se dá muito em decorrência do anterior. Não tendo as informações armazenadas em meios digitais — como um banco de dados —, torna-se difícil o acesso às informações por parte dos diversos profissionais envolvidos nos processos, o que pode causar falhas de comunicação e gerar retrabalho tanto entre profissionais quanto entre o laboratório e o cliente.

Falhas técnicas e gerenciais

A falta de informatização pode ser ainda mais prejudicial para a rotina de processos do seu laboratório. Existem diversas informações a serem controladas, como laudos, histórico de saúde de clientes, informações cadastrais e, principalmente, fila de exames.

Um sistema informatizado competente permite gerenciar inteligentemente a fila de exames, definindo premissas e prioridades de modo a evitar gargalos, atrasos, multas contratuais e, por conseguinte, a insatisfação do cliente.

Um laboratório de análises lida com um artefato bastante crítico: a saúde das pessoas. Tendo isso em vista, é necessária a conscientização — principalmente por parte de líderes e gestores — que a otimização constante dos processos internos é uma prática essencial, e aliar a tecnologia à expertise de negócios é a melhor forma de tornar sua cadeia de processos imune à maioria das falhas.

Você ainda tem alguma dúvida sobre o poder da tecnologia e como ela pode evitar erros de triagem em laboratórios? Entre em contato com a gente!

Deixe seu comentário

Vendas