(43) 3336-8556

Materiais Educativos

ARTIGOS E E-BOOKS PARA DAR MAIS EFICIÊNCIA AO SEU LABORATÓRIO
8 set 2017

Faça diferente! Saiba como inovar na sua gestão de laboratório

//
Comentários0

Para um laboratório clínico vencer a concorrência e se destacar no mercado de trabalho, é importante investir em ferramentas de gestão eficientes e objetivas. Também é crucial investir em estratégias inovadoras relacionadas aos serviços clínicos prestados.

Para implantar uma gestão de laboratório clínico inovadora, é preciso conhecimento, paciência, organização e uma boa dose de coragem por parte dos colaboradores e gestores.

Selecionamos, a seguir, 5 atividades inovadoras para serem incorporadas ao ambiente clínico. Acompanhe!

Atualize seus conhecimentos

Um bom gestor deve ficar antenado a todas as modernidades. Nesse quesito, é fundamental atualizar os conhecimentos clínicos, gerenciais e humanísticos.

No primeiro caso, o gestor deve participar de congressos, palestras ou grupos fechados nos aplicativos de celular. Para o aperfeiçoamento dos quesitos gerenciais, é importante acompanhar as novas ferramentas de organização da empresa, tais como fluxo de caixa, sistemas operacionais eficazes, dentre outros. Nos aspectos humanísticos, é importante investir na relação com colaboradores, paciente e fornecedores.

Utilize ferramentas tecnológicas

Foi-se o tempo em que as relações eram baseadas essencialmente no contato pessoal. Devido a novas ferramentas tecnológicas, é possível inovar por meio da implantação de técnicas diferenciadas de contato com o paciente. Dessa maneira, é possível contatá-lo via chat, e-mail, aplicativos de mensagens, dentre outros.

Também é uma realidade a obtenção de laudos médicos on-line, em que o paciente tem acesso ao resultado dos exames de qualquer lugar.

Aprenda a motivar seus funcionários

Um ambiente agradável de se trabalhar é um local de maior produtividade e menor nível de estresse. Considerando que um laboratório pode ser classificado com um local de risco biológico, as empresas devem investir além da segurança do trabalhador.

Deve-se optar por inserir plano de saúde corporativo, gratificação ao funcionário do mês e descontos em lojas de departamento, por exemplo, assim como verificar a possibilidade de flexibilidade de horários ou compensação com outros tipos de serviços. Essas ações visam fornecer um ambiente agradável e com o mínimo de estresse possível.

Desenvolva indicadores de desempenho

KPI vem da sigla em inglês para Key Performance Indicator, algo como indicadoras chaves de desempenho. Eles podem ser classificados em indicadores de qualidade, capacidade e estratégicos. Os primeiros se relacionam à qualidade do produto ou serviço, e no caso de um laboratório, é importante elaborar um checklist sobre os principais procedimentos para coleta e realização de exames.

Os indicadores de capacidade referem-se ao bom funcionamento dos equipamentos utilizados. Podem ser desenvolvidos para mostrar a eficiência e a efetividade das tecnologias existentes nos laboratórios e verificar a necessidade de manutenção preventiva ou corretiva.

E, por fim, os indicadores estratégicos que fazem um panorama amplo da empresa, avaliando todos os serviços e classificando os pontos fortes e outros a melhorar.

Seja corajoso para mudar os rumos da empresa

Um laboratório clínico apresenta um rol de exames clínicos demandados pelo paciente. Assim, o planejamento estratégico é feito considerando esses aspectos. Com o passar do tempo, é possível que o gestor tenha que alterar os serviços prestados, cancelando ou incluindo novas propostas.

Essa atitude de realinhar os rumos da empresa deve ser avaliada frequentemente para garantir o crescimento e acompanhar as tendências do mercado. Portanto, é importante fazer um diagnóstico apurado e tomar a decisão mais acertada.

A gestão de laboratório é uma atividade que deve ser continuamente avaliada. As inovações sugeridas neste post são de grande valia para serem implantadas rapidamente. Por isso, comece por pequenas mudanças e avalie o resultado no médio e no longo prazo.

Gostou deste conteúdo? Ainda tem alguma dúvida sobre gestão de laboratório? Deixe um comentário!

Deixe seu comentário