(43) 3336-8556

Materiais Educativos

ARTIGOS E E-BOOKS PARA DAR MAIS EFICIÊNCIA AO SEU LABORATÓRIO
layout de laboratório
26 nov 2018

Como o layout de laboratório pode melhorar o fluxo de pacientes

//
Comentários0

Por não visualizar os reais benefícios da boa organização do layout de laboratório, quem cuida do negócio pode não perceber o quanto manter as máquinas e equipamentos dispostos de maneira estratégica no ambiente colabora positivamente no fluxo de pacientes.

Para que você não cometa esse erro, trouxemos um conteúdo para abordar essa questão, a fim de que o seu laboratório fique por dentro de todas as práticas que podem beneficiá-lo. Ficou interessado? Continue a leitura!

Qual é a importância do layout para as empresas?

Organização é uma palavra de ordem para qualquer empresa. Não apenas pensando no planejamento, objetivos maiores e atividades estratégicas, mas também no sentido físico da palavra. A forma como o espaço é disposto para o trabalho traz resultados diferentes, de acordo com o pensamento sobre ele.

Quando o ambiente é mal articulado ou simplesmente descuidado, o funcionamento da empresa está fadado a problemas, como filas, acúmulo de pessoas em um só local, demora na comunicação e obtenção das informações, confusão no fluxo interno, perda de tempo com assuntos relacionados ao estoque, entre outros.

Para quem trabalha com laboratórios, principalmente, evitar esse tipo de gargalo operacional é um dever. A experiência do paciente muda quando o projeto dos equipamentos e espaços é eficiente e fluido. Além da produtividade da equipe crescer — com cada coisa em seu lugar —, erros são evitados, mantendo tudo em ordem.

Como um layout bem projetado impacta o fluxo de pacientes?

Antes que o trabalho do laboratório seja prejudicado por um layout mal projetado, é hora de pensar sobre o que pode agilizar a rotina dos trabalhadores e pacientes, tornando os processos e tarefas simples e mantendo-os sem desperdiçar recursos.

Embora o assunto seja fluxo de pacientes, não podemos deixar de fora a segurança, sobre a qual falaremos na sequência, antes de prosseguir com o nosso raciocínio.

Segurança para todos

O bem-estar, tanto dos pacientes quanto dos colaboradores, precisa ser colocado em pauta no layout. Desde o descarte e o transporte de resíduos até as cabines: o espaço precisa otimizar as ações.

Lava-olhos e chuveiros de emergência devem estar próximos às cabines, de maneira que, no caso de algum acidente, a pessoa consiga se locomover sem obstáculos, encontrando-os rapidamente.

Da mesma forma, as cabines ficam melhor colocadas fora das áreas de circulação, já que se alguma explosão ou coisa do tipo ocorrer, ninguém será atingido por transitar em uma área comum. A distância que o profissional precisará percorrer deve ser considerada em todos os casos: foco na segurança!

Agilidade sem riscos

Um bom exemplo disso é a largura dos corredores. Imagine que um analista está vindo no corredor e, pela falta de espaço, se choca com um outro profissional, colocando em risco o material a ser utilizado. Isso precisa ser pensado.

Melhoria no atendimento

Se o paciente se dirige do cadastro para a espera, da espera para a coleta etc., o espaço deve colaborar para que esse fluxo seja feito sem maiores problemas e sem que um ambiente fique superlotado enquanto outro está vazio.

As salas nas quais ficam os equipamentos podem estar dispostas de maneira que a recepção consiga encaminhar a espera para o lugar correto, segmentando assim o atendimento e tirando a impressão de tumulto em dias cheios.

Ainda, na recepção, a organização é tudo para garantir que a experiência do paciente seja elevada e sem confusão. É péssima a sensação de estar desorientado, de um lugar para o outro.

Os materiais a serem utilizados nas análises também precisam estar estrategicamente posicionados, prezando não apenas pela segurança e qualidade, mas também pela agilidade do processo, já que isso impacta diretamente no resultado do paciente.

Afinal, há um modelo padrão para o layout de laboratório?

Embora seja possível listar boas práticas, não há uma fórmula perfeita de layout de laboratório. O importante é saber quais equipamentos e materiais são indispensáveis, considerando o seu espaço, a sua demanda e o aproveitamento máximo deles.

Gostou do post? Para não errar sobre as adequações, regras e recomendações de sucesso, que tal se aprofundar mais no assunto e garantir um desempenho eficaz e sem erros? Confira tudo sobre como montar um laboratório de análises clínicas!

Deixe seu comentário

Vendas